27.09.2018
• postado em #seratuante

Hoje em dia encontramos diversas opções para estudar enquanto nos divertimos.

 

Além dos documentários, também podemos aprender bastante com séries e filmes consagrados. Para te ajudar, trazemos aqui algumas escolhas para estudar geografia, e o melhor: todas disponíveis na Netflix!

 

1. House of Cards

 

Esta série apresenta boas oportunidades de estudos em várias áreas da geografia - geopolítica internacional, terrorismo, lobby de grandes corporações no Congresso, relações internacionais (sobretudo com a Rússia e a China), globalização (sob a perspectiva dos fluxos internacionais de informações e de capitais). House of Cards é uma excelente pedida também por permitir aos alunos um meio para comparar os sistemas político-eleitorais dos Estados Unidos e do Brasil, podendo ser útil para a identificação das semelhanças e problemas existentes nos dois modelos.

 

2. Cowspiracy

Excelente documentário que trata da hipótese de aquecimento global por uma outra perspectiva: a dos nefastos efeitos do gás metano. Em geral, os cientistas e os ambientalistas que creem na hipótese de que a Terra está sofrendo a influência de um aquecimento global antropogênico (causado por ações humanas) culpam largamente as emissões de dióxido de carbono e, praticamente não falam sobre o metano, gás muito mais tóxico e com potencial que supera em mais de 20 vezes o dióxido de carbono no que se refere à capacidade de reter calor na Terra. O documentário investiga a fundo o porquê dessa omissão. É um filme que permite um excelente aprofundamento em poluição ambiental, geografia política, geografia agrária e globalização.

 

3. The World's War: Forgotten Soldiers of the Empire

Série curta, com dois episódios apenas, sobre a geopolítica da Primeira Guerra Mundial, apresentada de maneira muito original. Mostra os soldados das colônias das potências europeias que lutaram nesse terrível conflito: senegaleses e vietnamitas, unidos para defender o território francês dos alemães, e australianos e indianos unidos para defender a Coroa Britânica.

 

0 comentários