Começar, recomeçar e se reinventar

Muitos foram os desafios enfrentados, mas, com eles conseguimos nos reinventar enquanto sociedade, e ao mesmo tempo como educação, vivendo e descobrindo novas formas de ensinar e aprender. Recomeçando com força de vontade, resiliência e essencialmente a empatia, o olhar de colocar-se no lugar do outro. Fizemos parte de uma grande corrente em favor do exercício do aprender e juntos conseguimos nos reerguer, recomeçando com muita força para continuar essa valorosa missão de construir conhecimento e uma educação de qualidade.

Iniciamos todos os dias pensando em um novo começo, desejando descobertas diversas, sejam elas em sala de aula ou na casa de vocês, pois o que nos move é a inspiração de descobrir o novo, recriar o existente, indo além do que pensamos, é colocar em prática os nossos sonhos, com força, dedicação e vontade de fazer mais, é a consciência que estamos recomeçando, de um jeito diferente.

Começar, recomeçar e se reinventar, é fazer de novo, quantas vezes necessário for para que possa dar certo o que almejamos.

Começar é um dos passos mais importantes, pois desses passos dependem nossa automotivação e isso é uma coisa que ninguém pode fazer por nós, é um dever nosso a cada novo dia, um compromisso com nossos ideais e metas, acreditando que assim fazendo, tudo será possível.

O recomeço é a certeza de que podemos traçar novos caminhos para conquistarmos o que aspiramos, é aprender e aprender sempre, enfrentar os desafios sem ter receio, assim continuaremos fazendo, nos reinventando, começando e recomeçando.

Durante o ano de 2021, o Eixo Temático será norteador para nossas atividades pedagógicas. Dividido em subtemas, ele será concretizado por meio das atividades que serão desenvolvidas pelos professores e alunos. Assim foi a história do Contemporâneo em seus 40 anos de atividades pedagógicas, nos desafios de fazer uma educação de qualidade com muitos começos, recomeços e reinvenção.

Não vamos parar, pois juntos somos mais fortes. Juntos somos ESCOLA.